sábado, 24 de outubro de 2009

Gênesis 1

Nossa fábula começa com Deus criando os céus e a terra, dizendo "faça se a luz!" e tudo aquilo que todo mundo já está careca de saber. Mas, trocando em miúdos, Deus, em seis dias de extrema produtividade, criou o mundo como o conhecemos.

Ou melhor, como as pessoas no oriente médio, pouco depois da idade do bronze, o conheciam. Hoje em dia sabemos que a Terra é redonda, orbita em volta do Sol (a fonte da tal da luz, lembra?), que o sistema solar está em uma das bilhões de galáxias que existem no universo, entre outras recentes, quentinhas e bombásticas descobertas da ciência! Desculpe, não queria te derrubar da cadeira com tantas novidades. Fica meio difícil encaixar essa fábula num contexto cosmológico. Mas enfim, não pretendo discutir as incoerências científicas do livrão (mas acho que cedo ou tarde irei cair em tentação!). Bola pra frente!

O mais interessante nesse começo é que várias vezes "Deus viu que era bom"! Exatamente! Ele criou a luz meio na cega (desculpe, piadinha inevitável) e depois, pasmem, viu que era bom! Ele, apesar de sua famosa onisciência, não sabia se a luz era boa ou não, pensou "quer saber?" e Shazam!, criou a luz! "Olha! Não é que é bom esse negócio de luz?". E assim fez com as ervas, árvores, estrelas e o escambau. Criou, e viu que era bom! Deus estava experimentando, o que faz dele o primeiro cientista de todos os tempos, não é irônico? Já estou gostando desse cara!

19 comentários:

  1. Mas agora fiquei em dúvida: Deus existe ou não?

    ResponderExcluir
  2. O nome desse blog é genial. Ao mesmo tempo que faz menção a uma conversa etílica sobre religião, também incita a visão de um banheiro masculino. Muitas mulheres não sabem, mas alguns bares enchem seus mictórios de limão e gelo para reduzir o cheiro.

    O limão, que apresenta grande quantidade de óleo essencial, serve para mascarar o odor da urina. O fruto tem um aroma forte, capaz de esconder outros – por isso ele também é usado em desinfetantes e detergentes.

    Já o gelo usa outra tática contra o fedor. A temperatura baixa reduz a volatilidade de substâncias da urina como a amônia, responsáveis pelo desagradável odor. Mas ele ainda possui outras funções: o ambiente frio dificulta a proliferação de bactérias e a presença dos cubinhos de gelo diminui o fluxo de xixi para fora do mictório, já que a maioria dos homens gosta de “mirar” no gelo durante a operação (fonte: http://mundoestranho.abril.com.br/cotidiano/pergunta_398768.shtml).

    Portanto, discutir religião sobre essa ótica é como falar com o compromisso de um etílico, ironicamente disfarçando teor odorífero da consequência de seus hábitos alcoólicos!

    saudações,

    ResponderExcluir
  3. É impressionante, e um pouco assustador, como funciona a cabeça de um perito.
    Além da ótica etílica e nefrológica de nosso amigo CRDias, encarem o limão e gelo como a adição de comentários ácidos e um pouco da frieza da ciência.

    ResponderExcluir
  4. dona nora (tu suegra)27 de outubro de 2009 16:41

    estou aprendendo muuuuuiiiiiiittttttooooooo!!!! 'quando tem mais?????

    ResponderExcluir
  5. Sensacional Rafael. Sarcasmo e irreverência brilhantes. Gostei pra cacete. Pena que só agora tomei ciência do seu blog, mas garanto presença assídua por aqui.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  6. Conheci esse blog hoje (08.04.10)! Como?
    Ontem assisti ao filme "O livro de Eli" que por sinal me passou várias mensagens interessantes.
    Assim decidi comprar uma bíblia.
    Mas antes disso, comecei a ler uma versão online em outro site.
    Acabei chegando aqui, e para minha surpresa, descobri um blog com pessoas inteligentes e ótimo conteúdo.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  7. Assis - Obrigado pelos comentários! Espero que goste do blog e que possa comentar também.

    Não assisti esse filme ainda. Seria legal se você pudesse escrever algo sobre ele onde for pertinente nos posts.

    Sugiro que você continue lendo a bíblia, pois o ideal é cada um chegue a sua própria conclusão. Esse blog é bom pra dar umas risadas dos palavrões que eu escrevo! Abraços!

    ResponderExcluir
  8. Rafael, muito boa sua iniciativa, estou gostando muito e tem sido muito bom acompanhar todos os posts e comentários.

    Tem até quem reclame da fonte e espaçamento, pra esses vai uma dica: selecione a página inteira, depois Control+C, abra o word e vá ao menu Editar, Colar Especial... lá escolha Texto não formatado.
    Depois é só formatar como quiser e ler numa boa.

    Mais uma vez, parabéns pela iniciativa.

    ResponderExcluir
  9. Perfeito. Tudo que queriamos ler sobre a biblia de uma visão original e sem deturpar o conteúdo. Posso te dizer que sou um leitor de carteirinha do Blog.

    ResponderExcluir
  10. Valeu Vladimir! Espero sua participação nos comentários!

    ResponderExcluir
  11. Ola, muito legal suas colocações acerca da Biblia, e tambem em dizer que Deus em sua onisciência não sabia se a luz era boa, e so soube após criar, na verdade, existe em varios textos biblicos as conjecturas dos escritores, como saber oque Deus pensa, se ele mesmo não falar?
    o escritor ultilizou esta linguagem: "e Deus viu que era bom" entende.
    A mesma coisa em relação as seis dias, não foi necessariamente em seis dias corridos, foi intercalado, e na mesma forma ultilizou seis dias, pois eu creio na onipotencia de Deus.
    mais não vim aqui pra criar nenhum tipo de critica, so estou participando dos comentaris, achei sim interessante, mais importante que dizer que Deus não existi é quetionar seus feitos, pois ele compreende, pois dabe de nossa incapascidade de coopreenção de algumas cosas, mais esta pronto a nos orientar.
    espero ser bem vindo aqui...
    aguardo sua resposta. boa semana!!

    ResponderExcluir
  12. Jean Paulo - Obrigado pelo seu comentário!

    Eu entendo que a minha interpretação pode ser um pouco literal, mas eu discuto isso no primeiro interlúdio. Se puder, dá uma olhadinha lá e comente também!

    De qualquer forma, o próprio conceito de onipotência é complicado. Deus pode criar uma pedra que nem ele mesmo pode carregar? Deus pode evitar que crianças morram de fome? Se sim, por que 30.000 crianças por dia ainda morrem?

    Enfim, não se preocupe em não criar nenhum tipo de crítica. Este blog está aqui para ser criticado! Você é certamente bem vindo aqui e espero que possa continuar contribuindo.

    Peço que não se assuste com os outros comentários já postados. Muitos deles são de amigos meus e soam um pouco avacalhados demais para quem vê de fora.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  13. Enquanto não posta nada novo, vou ter q ler do começo, de novo!..

    ResponderExcluir
  14. queria mais ...

    vanessa vieira

    ResponderExcluir
  15. começo aqui a biblia segundo moises. 1. Gênesis 1. No princípio, Deus criou o céu e a Terra, mas a Terra não era visível porque estava coberta de trevas espessas, e o Espírito de Deus
    adejava por cima del
    a. Deus ordenou em seguida que se fizesse a luz, e a luz apareceu imediatamente. Depois de ter considerado essa massa, Deus separou a luz das trevas. Às trevas chamou noite, e à luz, dia, dando ao começo do dia o nome de manhã, e ao fim, o de tarde. Foi ao primeiro dia que Moisés chamou "um dia", e não "o primeiro dia", por razões que eu poderia explicar, mas, como prometi escrever sobre todas essas coisas em um trabalho especial, reservo-me
    para falar disso nele.
    No segundo dia, Deus criou o céu, separou-o de todo o resto e colocou-o por cima, como sendo o mais nobre. Rodeou-o de cristal e temperou-o com umidade própria para formar as chuvas que regam docemente a terra, para torná-la fecunda. No terceiro dia, tornou fixa a terra, rodeou-a pelo mar e fê-la produzir as plantas com as suas respectivas sementes. No quarto dia, criou o Sol, a Lua e os outros astros e colocou-os no céu para lhe serem o ornamento principal. Regulou de tal maneira os seus movimentos e o seu curso que eles determinam claramente as estações e as revoluções do ano. No quinto dia, criou os peixes que nadam na água e os pássaros que voam no ar e quis que formassem casais, a fim de crescerem e se multiplicarem, cada um segundo a sua espécie. No sexto dia, criou os animais terrestres e distinguiu-os em sexos
    diversos,
    fazendo-os macho e fêmea. E, nesse mesmo dia, criou também o homem. Assim, segundo o que refere Moisés, Deus criou em seis dias o mundo e todas as coisas que nele existem. No sétimo dia, Ele descansou e deixou de trabalhar as grandes obras da criação do mundo: é por esse motivo que não trabalhamos nesse dia e lhe damos o nome de sábado, que em nossa língua (hebreu)
    quer dizer "descanso".

    ResponderExcluir
  16. vc é fraco mentalmente, essa sua colera é pque sua mulher te meteu o pé no rabo seu otário, agora fica com essas teorias babaca, olha eu..
    Creio em DEUS, JESUS, tenho uma vida boa, dou ate 50% do dizimo se quiser.rsrsrs, e vc fica com um bloguinho tão ruim, mas vc ainda se converte, não tenha pressa, Deus te alcança, eu gosto quando vcs dizem; " Eu sou ateu graças a DEUS."..kkkkkk

    ResponderExcluir
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir