quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Interlúdio: Quantos elefantes cabem num Fusca?

Cinco, é claro. Dois na frente e três atrás. E quantos animais cabem num barco que nunca existiu? Bem, segundo a Bíblia Sagrada, Noé fez caber um casal de cada espécie de animal impuro (?) e sete casais de cada espécie de ave e animal puro (??) na Arca. Ok, vamos quebrar o galho de Noé e fazer vista grossa para uma enchente (turum-tish!) de evidências. Como não sabemos que animais são puros ou impuros, vamos supor que ele pegou sete casais somente de cada espécie de ave. Dos outros animais, um casal para cada espécie. Depois vamos empurrar as milhões de espécies de insetos e aracnídeos para debaixo do tapete e fingir que elas não ocupam espaço. E, de quebra, vamos supor que todas as espécies de animais da Terra já estão descritas (o que é um absurdo, mas tá). Não quero te inundar (turum-tish-tish!) com números, mas, segundo a lista de espécies identificadas da IUCN, são 5.490 espécies de mamíferos, 9.998 de aves, 9.084 de répteis e 6.433 de anfíbios. Só contando esses quatro grupos, Noé teve que fazer 181.968 animais caberem na Arca.

Agora pense em estocar comida para um ano para esses animais. E água? Sim, choveu por quarenta dias, mas e o resto ano? Eles beberam a água salgada da enchente? Pense também em limpar e remover as toneladas de fezes. E na ventilação do ambiente, com a uma janela que Deus pôs no projeto (Gênesis 6:16). E em parasitas e doenças num ambiente confinado. Agora pense que o quadro de funcionários da Arca de Noé é de sete pessoas para 180.000 animais. O Zoológico de São Paulo tem cerca de 370 funcionários para 3.200 animais. Enfim, dá para escrever um livro sobre o absurdo que essa história é.

Aliás, existe um livro sobre a logística da Arca de Noé, mas não do jeito que você está pensando. O auto-proclamado “cientista” (aspas, aspas! muitas aspas!) e criacionista John Woodmorappe, que já tentou de todo jeito provar que a datação por carbono 14 está errada (!), escreveu um livro chamado ‘Noah’s Ark: A feasibility study’. Nele, o autor “prova” (olha as aspas aí de novo!) que a Arca de Noé é logisticamente possível. Só para se ter uma idéia da baixaria da argumentação deste descendente de Adão, veja o que ele afirma sobre a alimentação dos dinossauros que estavam na arca. Isso, dinossauros. “Dinossauros devem ter comido basicamente as mesmas comidas que os outros animais. Os grandes saurópodos (ele está falando de brontossauros aqui, meu amigo) devem ter comido feno e outros vegetais desidratados. Dinossauros carnívoros – isso se algum deles era carnívoro antes do Dilúvio (meu café da manhã acabou de voltar até a garganta. obrigado.) - devem ter comido carne seca, carne seca reconstituída ou animais abatidos. Tartarugas gigantes teriam sido alimentos ideais nessa situação. Elas são grandes e precisam de pouca comida”. Acho que o argumento mais forte de Woodmorappe é “se eu consigo enfiar tanta baboseira dentro de um livro, é claro que Noé conseguiu enfiar todos os animais na Arca”. Não creio que nenhum cientista sério tenha escrito um livro sobre a impossibilidade da Arca de Noé. Provavelmente pelo mesmo motivo que ninguém que zela pelo nome escreveria um livro sobre porque o Coelhinho da Páscoa não existe.

Qualquer um que acha que a Arca de Noé foi verdade, eu sugiro que mantenha um elefante dentro de sua cozinha por um ano, e use sua sala de jantar para estocar comida. Pensando bem, não faça isso. O elefante vai morrer. E ele não tem culpa que esse primata idiota chamado humano acredita nas próprias mentiras que inventa.

24 comentários:

  1. Ah, sim... acreditar na arca de Noé.

    Os argumentos que levam alguém a acreditar nesse tal barco são quase todos falaciosos (digo "quase" pq não conheço todos... mas todos que conheço o são).

    Veja, há o argumento de antiguidade: "Se está escrito na Bíblia e a bíblia foi escrita há muitos e muitos anos, então é verdade". Há o argumento de ignorância: "A arca de Noé existiu pq ninguém provou o contrário". Há o argumento de apelo à força: "Se vc não acreditar na arca de Noé, Deus o sufocará inundado em uma banheira". Não podemos esquecer do argumento popular: "Muitas pessoas acreditam na arca de Noé, então ela deve ter existido"; e do argumento de autoridade: "Se o Seu Bento disse que a arca existiu, então existiu".

    Entre outras falácias aplicadas ao tema.

    ResponderExcluir
  2. UM PUTA DUM DEVANEIO ESSA ARCA DE NOÉ...
    VOCÊ JÁ DEVIA TÁ PENSANDO EM EDITAR UM LIVRO (A BÍBLIA COM GÊLO E LIMÃO) HÁ MUITO TEMPO.
    ESCREVE MAIS (MUITO MAIS) E EDITA, COM PSEUDÔNIMO CLARO.
    E É SÓ PARTIR PRO ABRAÇO, POIS TEM MUITA GENTE QUE TAMBÉM NÃO ACREDITA NA TAL "ARCA", E TÁ DOIDO PRA SEGUIR ESSA LINHA DE RACIOCÍNIO LÓGICO, MAS NÃO TEM CORAGEM.
    ACHO QUE POR MÊDO DA IRA DE DEUS.

    ResponderExcluir
  3. Rafa, tô adorando seu blog! Parabéns!

    Gostaria de compartilhar com vc um conselho, que eu recebi da tia Cotinha, a minha professora de catecismo: "a arca de noé, assim como adão e eva e outras coisas citadas na bíblia, são somente formas de expressão, o que importa é a moral da história, você não pode levar tudo ao pé da letra..." A pergunta que ficou foi essa: e qual é a moral da história? Finalmente, vc, com toda a sua coragem de ler a bíblia do começo ao fim, conseguiu clarear minha mente e me fez chegar a algumas possibilidades:
    1- quando eu quiser ficar de bem com o todo poderoso, é só assar uma carninha (vegetarianos vão pro inferno, certamente);
    2- mulheres só servem pra parir ou fazer merda (como disse minha querida Gabi);
    3- Deus é um grande fanfarrão, e quer provar a toda hora que ele é todo-poderoso;
    4- Deus não sabe fazer contas, sendo assim os matemáticos não devem ser filhos de Deus (hehehe, essa eu já sabia);
    5- entre muitas outras, que os leitores desse blog já listaram.

    Muito obrigada, Rafa! Vc conseguiu o que anos de catecismo e crisma não conseguiram! Aguardo ansiosa pelos próximos capítulos!

    ResponderExcluir
  4. Esse tal de John, que escreveu baboseiras pra provar que a arca existiu, deve ter ficado rico, né, guru? Cientistas não ficam ricos...já ouvi dizer que a extinção dos dinossauros coincidiu com o dilúvio, acho que eles eram muito fedidos, quem sabe Noé era alérgico a dinossauros? Vá saber...muitos mistérios...

    ResponderExcluir
  5. Alguém pode me explicar o que seria carne seca reconstituída????? Dizãs, e o cara é "cientista"...

    ResponderExcluir
  6. Déa Borges - Fico feliz de ser o vetor para sua iluminação! Adoraria que a saudosa Tia Cotinha lesse meu blog...

    Alê - Rico não sei, mas famoso sim, afinal estamos falando do fdp agora mesmo. Cientistas não ficam ricos nem famosos.

    Mário - Também não faço idéia. Ele deve entender tanto de engenharia de alimentos quanto de biologia.

    ResponderExcluir
  7. Rafa, já quase uma semana na última postagem! Será que deus mandou um raio na sua cabeça? Estou ansiosa pelo desfecho da história!

    ResponderExcluir
  8. Carol, o Senhor ainda não enviou um raio na minha cabeça. Ainda. Perdoe a demora! Gênesis 9 já está no forno!

    ResponderExcluir
  9. Ahhhhhh mas é nessa hora que a porca torce o rabo! Pois vamos aos fatos. Noé, um velho barbudo e muito inteligente, é tido por muitos como o antecessor direto dos estudiosos de animais, plantas e outros seres vivos, conhecidos também como biólogos. Muitos estudos atuais são comprovados de que Noé não necessitou de todos os casais citados pelo nosso autor no texto. Isso fica evidente com os estudos de evolução que mostra que o Criador fez de uma dificuldade a oportunidade para deixar o planeta ainda mais povoado e feliz. Com a evolução Noé não precisou de tantas espécies, pegou apenas algumas puras e outras impuras (para "misturar" bem depois, como se fosse para "dar liga", para os leigos) e assim, apesar de todas as dificuldades descritas nas escrituras, os animais puderam se multiplicar e diversificar, diversificar é a palavra, multidisciplinaridade meu filho. Claro que com todo seu senso de humor, o Criador, espalhou alguns ossos aqui e ali para confundir os atuais cientistas. Por isso é bom você ler mais meu filho. Muita coisa já está sacramentada na ciência atual e me parece fora do seu conhecimento.

    ResponderExcluir
  10. Amigo do Pastor - Excelente milk-shake de evolução e criacionismo que você inventou. Fico no aguardo para as referências dos estudos supra citados.

    ResponderExcluir
  11. NA BIBLIA EXISTEM HISTORIAS BEM INTRIGANTE MESMO
    COMO (TEOLOGO)AMANTE DA BIBLIA SAGRADA, O MAXIMO QUE CONSIGO FAZER E COMEDIA QUANDO FALO SOBRE DIVERSOS ASSUNTOS, ATÉ MESMO DE MATERIAS SECULARES COMO QUIMICA E FISICA.
    O FATO É QUE A BIBLIA E SO PARA QUEM TEM FÉ
    COLEGA SE VOCE NAO TEM ESSAS DUAS PALAVRAS, ACREDITAR NA BIBLIA E IMPOSSIVEL,
    SE VOCE PEGAR ESTE TEXTO MILENAR E TENTAR
    ADAPITAR A ARCA COM A VISAO DE MUNDO DA EPOCA VAI VER QUE CABIA BEM MAIS
    VAI DESCOBRIR TAMBEM QUE UMA ENCHETE QUE COBRE DE AGUA TODO O HORIZONTE, INUNDOU O MUNDO INTEIRO.
    QUEM NÃO TEM FÉ TEM QUE TER BOM CENSO PO,
    SE A BIBLIA DISSESSE QUE FOI OS ANIMAIL QUE FIZERAM A ARCA EU ACREDITARIA PORQUE TENHO FÉ
    AGORA ESCREVER SOBRE UM ASSUNTO SEM TER O ELEMENTO CRUCIAL PARA TER SEU ENTENDIMENTO
    PO GALERA NÃO DA NE?

    ResponderExcluir
  12. Esse cientista esqueceu-se que há espécies, como os coelhos, que se reproduzem rapidamente, e poderiam ser utilizados na alimentação dos carnívoros. E os ovos? Com tantas aves de certeza que haveria muito ovos. De resto, a argumentação dele está sem falhas.
    Parti-me a rir com este pequeno interlúdio, mas achei que o comentário do ZEZINHO consegue rivalizar em conteúdo hilariante.

    ResponderExcluir
  13. ZEZINHO - Realmente, o blogueiro que vos escreve é um homem sem fé. Talvez seja isso que me falta para compreender a Bíblia em sua magnitude. Pelo jeito você tem de sobra! Espero que possa continuar comentando o blog, mesmo com o Caps Lock acionado!

    Rui - Muito bem colocado. Sua solução é algo a se pensar, mas vem com alguns problemas logísticos de carona.

    Dois indivíduos de cada uma das espécies de carnívoros da Terra devem comer uma quantidade razoável de carne (um leão come cerca de 5 a 7kg de carne por dia, por exemplo). A quantidade de coelhos para sustentar esses carnívoros, e a quantidade de vegetais necessária para se manter esses coelhos, me parece impraticável.

    Zoológicos certamente economizariam uma boa grana se pusessem produzir a carne que seus carnívoros comem. O fato de que nenhum deles tem uma criação de coelhos para isso, pode ser um indicativo de que essa tática não dá certo.

    Mas seria muito interessante se alguém pudesse verificar o quanto isso é plausível! Encara o desafio?

    ResponderExcluir
  14. Essa arca era na verdade uma "nave mãe"(e pôe mãe nisso)que ficou estacionada em órbita com os animais em coma induzido. Os ETs aceleraram a nave à velocidade da luz por 5 minutos e voltaram( aqui na terra tinham se passado 40 dias e 40 noites, pergunte ao EINSTEIN) depois foram só distribuindo os animais pelos continentes, vejam: Não há cangurus nem ornitorrincos na palestina. Não há girafas na Austrália, elefantes na bósnia,etc.etc. Deram um ácido do bom pro Noé e seu staff e eles viajaram literalmente.

    ResponderExcluir
  15. O comentário de Zezinho me fez refletir.É possível, de fato, que a bíblia seja um instrumento apenas para os dotados de fé.

    Pensei: será que sou dotado da tal "fé" que Zezinho se refere? Busquei, assim, o significado do verbete e a Wikipédia disse que "é a firme convicção de que algo seja verdade, sem nenhuma prova de que este algo seja verdade, pela absoluta confiança que depositamos neste algo ou alguém".

    Se assim o é, então nenhum empirista possui fé, pois, com ensina a Wikipédia, "Na ciência, o empirismo é normalmente utilizado quando falamos no método científico tradicional (que é originário do empirismo filosófico), o qual defende que as teorias científicas devem ser baseadas na observação do mundo, em vez da intuição ou da fé, como lhe foi passado."

    O que me intriga nos dizeres de Zezinho, entretanto, é algo bem mais simples: De que duas palavras ele está falando?

    "O FATO É QUE A BIBLIA E SO PARA QUEM TEM FÉ
    COLEGA SE VOCE NAO TEM ESSAS DUAS PALAVRAS, ACREDITAR NA BIBLIA E IMPOSSIVEL"

    Saudações,

    ResponderExcluir
  16. Rafael, muito bom este blog, espero que você continue até o final. Já tentei ler a bíblia por algumas vezes, sempre empacava no gênesis quando falava das decendências... acho que esta é uma passagem para por a prova a convicção de qualquer um... tipo karatê kid servindo de empregado do japonês.

    Uma vez tentei trapacear e ir direto para o final... achei bizarro demais o Apocalipse, então desisti e resolvi pegar outros livros que estavam na minha lista de prioridades para ler.

    Você está me fazendo conhecer a bíblia da maneira mais interessante possível. Nunca pensei que eu conseguiria esse feito... e não foi por falta de oportunidade. Quando pequeno minha mãe me perguntou se eu preferia fazer catecismo ou um curso de computação. Maldito livre arbítrio, eu poderia ter conhecido a bíblia enquanto minha capacidade de reter informações estava em curva ascendente.

    Acho que a questão dos coelhinhos pode ser resolvida da seguinte maneira.

    ao invés de:

    dN/dt = rN - aPN

    você tem que acrescentar um outro elemento:

    dN/dt = FÉrN - aPN

    Abs
    Umberto

    ResponderExcluir
  17. Adriano, o herege28 de abril de 2011 15:02

    Eu tenho algumas dúvidas, do tipo como os animais da América, Oceania, Antárctica e das ilhas ao redor do mundo, chegaram até a arca e retornaram para seus lugares de origem após o dilúvio.Será que eles atravessaram os oceanos nadando? Pegaram carona na barriga de um grande peixe, como Jonas? Foram teletransportados? Sério, to muito curioso pra saber como isso aconteceu, mas parece que até hoje ninguém soube me dar uma resposta satisfatória.

    Sem falar na moral por trás da história. Pra acabar com a maldade no mundo, Deus promove um assassinato em massa, um verdadeiro genocídio. Belo exemplo. E o pior de tudo é que depois ele viu que isso não serviu de nada, já que a humanidade continuou na mesma. Ou seja, sua matança foi em vão. Reparem na lógica da coisa: Deus decide matar todas as coisas vivas porque a imaginação humana é má. Mais tarde, depois de matar tudo, ele promete nunca fazer isto novamente porque a imaginação humana é má. Muito intrigante.

    Agora a pergunta que não quer calar: se Deus conhece o futuro, então porque ele fez essa carnificina, sabendo que não serviria de nada? Seria ele sedento de sangue?

    É óbvio que essa história foi escrita por pessoas primitivas da idade de bronze cujo conhecimento de mundo era até onde seus olhos podiam enxergar. Incrível é que até hoje tem gente que acredita nisso.

    ResponderExcluir
  18. Adriano, o herege28 de abril de 2011 15:26

    Desculpem, comentário duplicado.
    Rafael, pode apagar o primeiro.

    ResponderExcluir
  19. Pois é. Além de uma moral duvidosa, a Bíblia se propõe a explicar o mundo que vemos hoje. Um chimpanzé bem treinado conseguiria perceber que essas histórias são mais furadas que escorredor de macarrão. Também fico embasbacado com gente "grande" caindo nesse papo.

    ResponderExcluir
  20. Adriano, o herege28 de abril de 2011 21:09

    Vejam só até onde vai a vontade de acreditar numa loucura dessas: um pseudo-cientista tem algumas teses mirabolantes para validar a lenda da arca.

    http://www.youtube.com/watch?v=ERJVoRFsnf4&feature=player_embedded

    ResponderExcluir
  21. bom..comentário pra partir,,como comentei com um cONlega;;a bíblia em si..é como a brincadeira do telefone..no colégio(alguém além de mim lembra dessa?)enfim..[o primeiro fala ao do lado uma coisa no ouvido,e essa pessoa vai passando para os outros]..já que é falado singular-mente no ouvido das pessoas..cada um entende alguma coisa e quando fecha a roda no que informou 1°, descobre-se que não tem nada a ver, o fim com o começo..
    e..essa lógica da bíblia..acredito(chuto)que talvez ela existiu mesmo..(afinal..como o mundo ia renascer sem uma fonte de tudo?)só que;em proporções de medidas diferentes (MUUUITO DIFERENTES)e..dino's?sei não,acho que surgiram pouco depois..(ou não né..não tava la;p

    ResponderExcluir
  22. " I'm so sorry Rex the ark is full "

    ResponderExcluir
  23. Uma coisa q m intriga mais ainda e como no apocalipse DEUS ira ressuscitar todas as pessoas no mundo poxa como vai caber??? no mar??

    ResponderExcluir
  24. "Ninguém pode refletir sobre estás questões sem Crer, pois cada um tem de escolher aquilo em que quer acreditar" Siegfried Sherer...o mais intrigante na Bíblia não é nem o fato sobre a arca ter existido ou não, sobre a quantidade de animais, sobre as acomodações ou sobre a alimentação, mas sim sobre a singularidade dos incrédulos da época e sobre os incrédulos de hoje. Homens que têm o entendimento entorpecido pela falta de fé, que se esforçam para entender o que estão lendo mas não entendem, homens que têm a visão perfeita mas são como cegos acreditando apenas naquilo que podem e conseguem enxergar. Homens Livres de cadeias, mas aprisionados por suas limitações em julgar aquilo que não podem compreender. Homens Inteligentes sim, mas sem discernimento sobre o que falam e pensam. Homens cujos corações endurecidos pela incredulidade zombam do Criador sem ao menos considerar que não passam de pó.

    ResponderExcluir