quinta-feira, 5 de maio de 2011

Interlúdio: Toma essa!


O deputado campineiro Jair Bolsonaro e dois assessores protestam contra a decisão do Supremo.

De forma veloz e eficiente como uma tartaruga manca, o Supremo Tribunal Federal reconheceu a união estável homoafetiva (que nome elaborado, né?). Isso certamente emputeceu muita gente. Mimimi. Se sua seita/superstição/amiguinho imaginário diz que a união homossexual é pecado, bom pra você. Todo mundo tem o direito de ser imbecil. É só casar com alguém do sexo oposto e tá resolvido o problema! Mas não espere que seja lei que todos sigam a sua macumba. Está preocupado em proteger os “valores da família”? Puxa, obrigado. Mas, primeiro, esse conceito de que família começa com um homem e uma mulher, é o SEU conceito de família. Segundo, vamos criminalizar o divórcio então?

O mundo gira e os tempos mudam. Lamento, mas valores inventados por tribos nômades do deserto não servem mais.

P.S.: Se este post está muito agressivo e desagradável pra você, segue abaixo um vídeo de um gatinho comendo uma melancia.



Atualização (25/5/11): Por outro lado, o kit Anti-Homofobia, que iria transformar crianças másculas e viris em viadinhos, foi suspenso pelo governo. Ufa! Seu filho heterossexual está salvo! Copio aqui o trecho da reportagem de Camila Campanerut e Karina Yamamoto no UOL, que diz tudo. "A pressão dos parlamentares dos grupos de evangélicos e católicos foi feita com ameaças de convocar o ministro da Casa Civil, Antonio Palocci para esclarecer a multiplicação do seu patrimônio e de pedir uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) na área da educação por causa do projeto do material que seria distribuído às escolas para promover a diversidade". Tire suas próprias conclusões.

23 comentários:

  1. nossa, alguém tá revoltadinho hoje hein? Já pensou em tomar Maracujina, fofa?
    Só um probleminha aqui... se vc é contra discriminação dos homossexuais, vc não pode discriminar os religiosos? Chamar de seita, e dizer q tudo é invenção de tribos nômades é tão ofensivo qto o Bolsonaro dizer que os gays são uma anomalia. Eu sou da paz!

    Beto

    ResponderExcluir
  2. O Supremo seja louvado!

    (Beto não sabe interpretar texto? Ou não gostou do vídeo dos bichinhos?)

    ResponderExcluir
  3. Hudson, disse e repito. O autor do Blog discrimina grupos religiosos sim. Ele nem me liga mais nem responde aos meus emails mimimimi. Além do que o objetivo do blog é ofender o maior número de pessoas (Andrade 2010. Mas se vc acha q eu não sei interpretar o texto, por favor me diga qual parte de "mas valores inventados por tribos nômades do deserto não servem mais. Não gostou? Enfia o dedão no cu e cheira!" não é ofensivo ou discriminatório.

    Entendo q as vezes dá muita revolta em ouvir alguém como o Bolsonaro, mas não dá pra colocar todos os fiéis no mesmo saco. Do mesmo jeito que não se pode generalizar ateus. Afinal nem todos os ateus comem criancinhas, só alguns como o autor do blog que come bochechas fofuchas com cereal pela manhã.
    PS: Detesto melancia e gatos.

    ResponderExcluir
  4. Discordo, Beto.

    Ficou agora evidente que há mesmo problemas (no plural) de interpretação de texto.

    Errou sobre o objetivo do blogue (não sabe identificar ironia?), e alega haver "discriminação" contra religiosos nesse texto curto. Dois erros crassos.

    Pior ainda foi se fazer de vítima e "colocar todos os fiéis no mesmo saco", pois o texto critica apenas um subgrupo dentre os religiosos, um subgrupo preconceituoso e discriminatório.

    Eu também não gostei da última frase do texto (a recomendação pra quem não gostou), mas não foi nada que o vídeo dos bichinhos não acalmasse. :-)

    Tirando a última frase, não vejo absolutamente nada de ofensivo no texto, e, além do mais, convenhamos: quem é contra direitos humanos (ativistas homofóbicos, no caso) não merece ser tratado a pão-de-ló, não é mesmo?

    ResponderExcluir
  5. Ich... você não é o "Frei Beto", tradicional visitante do BíbliaTwist? Será que sou eu que não estou reconhecendo ironia? :-D

    ResponderExcluir
  6. Esse dedo no cu me lembrou o Isaque...

    ResponderExcluir
  7. Isaque ficaria feliz com essa decisão quase antiquada do STF... God save Bolsonaro, oremos!

    ResponderExcluir
  8. Beto, você está bolando as trocas. Ofensa e discriminação são coisas diferentes*. Eu também sou contra discriminação, senão não teria amigos religiosos. Ofensas eu não sou contra. Mesmo as que vem do Bolsonaro. Sustento que todo mundo tem o direito de ser idiota. Aliás, não podemos nos dar o luxo de querer viver num mundo sem ofensas, né? Eu acho extremamente ofensivo quando alguém aterroriza uma criança com mentiras de inferno e sobre um ser que sabe o que você está pensando. Ou quando pessoas contraem Aids porque o papa é contra camisinha. Ou quando... Você entendeu (Dá pra fazer outro post com essa lista). Então, ofensa? Sim, sempre vou tentar ofender os religiosos o máximo que eu puder. Discriminação? Vou me esforçar pra nunca fazer isso.

    Eu entendo que a coisa aqui é meio pé na porta, mas é pra compensar a apatia de outros que acham que religião não se discute. Mas aqui se discute e, assim como política e futebol, se discute com palavrões. Mas não tem problema. É só um bloguezinho cheio de palavrões. Nada que clicar no "xizinho" da janela não resolva.

    Mas uma coisa eu achei muito curiosa. No post, chamei de idiota e disse para introduzir o importantíssimo opositor na ampola anal. Mas não foi nenhuma dessas coisas que nosso colaborador Frei Beto achou ofensivo! Foi que eu chamei de seita e disse que a bíblia foi inventada por tribos nômades!

    Todo mundo acha as outras superstições e rituais bizarros são ridículos, menos os da própria religião. Se eu começar a adorar uma banana podre, tudo bem chamar de seita, mas o cristianismo não! Desculpe, mas pra mim, pessoas reunidas num templo recitando encantamentos e achando que um biscoito é a carne de um morto-vivo... é seita*, parceiro. Não consigo ver diferença entre Pai Nosso e Ócus Pócus. Se você também acha essas coisas ridículas, sugiro o ateísmo. Senão, não tem problema, mas não finge que sua religião não é tão rid... a-hãm, mística quanto as outras.

    E sobre a bíblia ter sido inventada* (escrita, melhorou?) por tribos nômades do deserto, não é opinião minha não! É pura arqueologia! É fato! Por que isso é ofensivo? Porque lembra o TÃO absurdo que é considerar esse livro algo mais que uma peça arqueológica? Se é esse o problema, já sabem minha sugestão.

    Ai, ai.

    * Eu imploro que não transformem isso numa discussão de dicionários... a gente já passou dessa idade, né?

    ResponderExcluir
  9. Uai Refael, "o importantíssimo opositor"?

    E eu achando que era o hálux... (Se bem que ele também é opositor em certas espécies!)

    (O Frei Beto não estava apenas sendo irônico?)

    ResponderExcluir
  10. Achei que Frei Beto estivesse apenas sendo irônico... :S

    ResponderExcluir
  11. Não, não fui irônico. Existe sim uma diferença entre ofensa e discriminação. Uma coisa porém é ser sarcástico. Mas se ofender tá valendo, então não quero ver ninguém reclamando quando o Bolsonaro chamar os homossexuais de abominação do senhor e dizer q os ateus são imbecis. Acho q ofensa não leva a lugar nenhum, e fico ofendido quanto alguém sugere que meus amigos e parentes cristãos são todos imbecis. Mesmo q eu não concorde com tudo que eles pregam eu não acho legal quando alguém se refere a todos eles como imbecis, afinal muitos deles participam em projetos sociais, ajudam no inclusão social de ex-detentos, e visitam os doentes que não tem família. Existem religiosos intolerantes do mesmo jeito q existem ateus intolerantes, e a generalização nao cabe a nenhum dos dois. De um lado um dizem: "Os gays são um bando de maricas, aidéticas que queimaram no inferno". Do outro, dizem: "Os religiosos são imbecis, idiotas q acreditam numa fábula (parafraseando o Rafa)". E no meio de tudo isto a animosidade reina e nada se resolve. Há maneiras mais civilizadas de resolver as diferenças, e acho q tanto os ateus quanto os religiosos são melhor ouvidos quando prestam algum serviço a sociedade do que quando pregam. Mas a humanidade de um modo geral gosta solucionar as coisas com uma boa pedrada na testa. Enquanto isto a intolerância perpetua-se e o ódio mútuo continua o mesmo, mas tudo bem né? Afinal xingar não é discriminação. Bobinho!

    ResponderExcluir
  12. em tempo.. cliquei no xizinho!

    ResponderExcluir
  13. Então vamos lá!

    Deveras pertinente a posição de (frei) Beto, mas antes, em minha defesa:

    - Este blog não é uma pedrada na testa, isso (http://www.rawa.org/stoned.htm) é uma pedrada na testa. Não, não acho que todos os religiosos são assim, e nem a maioria. Também não acho que religião ou ateísmo são a causa de crueldade ou caridade, mas só religião dá respaldo a uma minoria de (acho que todos concordamos dessa vez) imbecis. É muito fácil jogar os "intolerantes" no mesmo saco. Um dos motivos que eu escrevo esse blog, é porque eu (e a imensa maioria) sou contra as pedradas.

    - O que eu escrevo aqui está sujeito a interpretações, mas eu não acho, nunca disse, nem nunca escrevi "Os religiosos são imbecis, idiotas". Usar aspas numa frase que eu nunca escrevi é maldade.

    Mas enfim. Eu quis dizer, e sustento, que crer que homossexuais vão arder no inferno é algo imbecil. Eu admito, que para efeito dramático, a coisa foi escrita de forma mais grosseira. Aqui, o tom é sempre de insulto e não me importo de ser insultado. Mas peço (é pedir muito, eu sei) que não levem isso para o lado pessoal. E peço desculpas a todos quando fica difícil separar o que se lê aqui do lado pessoal. É o preço que se paga pelo estilo "pé-na-porta". Quando não estou escrevendo aqui, tento ser o mais cortez que consigo com as pessoas, religiosas ou não. Quem me conhece, sabe o esforço que eu faço!

    Enfim, há muito me questiono o quão saudáveis são esse interlúdios. Talvez seja hora de parar ou jogá-los num outro blog... "Sugestãs"? "Opiniãs"? Eu, particularmente, gosto do debate!

    ResponderExcluir
  14. RafaEL,

    Eu gosto dos interlúdios, continue!

    Mas acho que o blogue aumentou muito o número de palavrões desde a postagem sobre buscas no Gúgol. Se continuar assim, vai ter que colocar mais ligações para vídeos de animaizinhos, pra compensar...

    Sobre a abordagem mais "emocional", digamos assim, de idéias i..., aham, fantasiosas, sugiro assistir este vídeo (de animais primatas):

    http://www.youtube.com/watch?v=82Aqn5d1yEg

    (Quando a hipocrisia politicamente correta começa a se tornar esconderijo e trincheira de preconceitos, uma quebra do protocolo pode ser adequada para denunciar o rei nu.)

    ResponderExcluir
  15. Frei Beto e guru Rafael: deem os dedinhos, façam as pazes!
    Olha, eu acho que o Rafael tem mantido a mesma toada desde Genesis 1. Ok, sou ateia. Mas minha família é ultra religiosa e eu já fui ultra religiosa (e de coração, ativista mesmo) por muito tempo. E por conhecer pessoas muito legais e que levam a religião a sério, é que eu não falo pra elas do Bíblia Twist. Porque eu as respeito e acho que elas ficariam magoadas comigo por lerem as palavras do guru por indicação minha.
    Honestamente: não achei que Rafael pegou pesado dessa vez.

    ResponderExcluir
  16. Sábio guru: mudando de c* pra c*, cadê o novo capítolo de Genesis? Você está nos enrolando, com essa história de interlúdio, humpf!

    ResponderExcluir
  17. Nossa, também não precisa de revaliação existencial do Blog, do mundo, e do universo.
    A amizade reina entre eu e o Rafa, o maldito ateu q irá queimar no fogo do inferno foi meu padrinho de casamento! Quer xingar o Bolsonaro? Xingue! Quer dizer q a politica anticamisinha do papa Bentinho de assassina na Africa? Tá valendo também! Quer me chamar de Buzz Kilington? Opa, estamos aí. Só não coloca todo mundo no mesmo saco. Tem muito cristão por aí, que passa desodorante todo dia, coisa q o Rafa não faz!

    ResponderExcluir
  18. Ah não! Pó pará! Eu passo desodorante todo dia e tomo banho todo sábado, até quando não precisa! Sou ateu mas sou limpinho!

    Irmãos, agradeço o input. Hudson, gostei do vídeo e não conhecia esse canal. Comecei a seguir! Irmã Alê, paciência! Mas não devo demorar pra escrever um post e soterrar este interlúdio tão amargo que nem um gato comendo uma melancia resolve!

    ResponderExcluir
  19. I love you, guys!Dois veados, discutindo relação em público, com uma mãozinha minha e do Hudson. AMO polêmica, hehehehee! :P

    ResponderExcluir
  20. Em tempo aqui uma petição q pode ser assinada por todos.
    http://www.peticaopublica.com.br/?pi=P2011N9558

    Ah tá! O próximo abaixo assinado sera "Eu não contra os negros, eu sou contra ao neguismo".

    ResponderExcluir
  21. Por falar em felinos e melancias:

    http://ktreta.blogspot.com/2010/05/treta-da-semana-melancias.html

    ResponderExcluir
  22. Excelente!

    E enquanto o próximo post não chega, quem entende Inglês, pode se divertir com esses vídeos. Estrelando uma acadêmica que estuda a bíblia; padres, bispos, rabinos e toda sorte de xamãs; macacos adestrados que batem palma pra qualquer coisa e, claro, Richard "Pé Duro, Tinhoso, Sete-pele" Dawkins.

    http://youtu.be/dFpCYvL23YA

    ResponderExcluir
  23. http://bulevoador.haaan.com/2011/06/01/marchaanticanhotismo-da-familia-com-o-bule-pela-liberdade/

    ResponderExcluir